Redação no Processo Seletivo

redac3a7c3a3o adulto - Redação no Processo Seletivo

Quem nunca procurou por um emprego sem ter a ideia de que o recrutador fosse pedir por uma Redação surpresa? Essa prática se tornou comum dentro das empresas e é uma forma de o empregador conhecer melhor seus candidatos. A redação se tornou uma das ferramentas mais eficientes em um processo seletivo para concorrer à uma vaga. Através dela, é possível conhecer um pouco mais sobre o candidato, tendo uma ideia de como ele se comunica, seu grau de Raciocínio e a forma como ele organiza seus pensamentos acerca de um tema, além de avaliar o nível de conhecimento de sua língua materna, que, no caso, é o português. Em algumas empresas, analisa-se também os textos com o intuito de detectar possíveis traços de personalidade dos indivíduos por meio da grafologia. A redação pega muita gente desprevenida e, principalmente aqueles que não são muito bons em improvisos, dar de cara com uma redação de tema livre pode ser motivo para muita dor de cabeça. Mas, o que fazer quando o tema deve ser sugerido pelo próprio candidato? Veja essa e muitas outras dicas cruciais para uma boa redação ……

Que tema escolher?

Quando o assunto é tema de redação, poucas pessoas passam à frente da maioria e se destacam por serem bons em improvisar algo bem elaborado e convincente, mas, além dos conhecimentos gerais e da habilidade de argumentar, existem alguns pontos que podem ser bastante úteis na hora de escolher o tema ideal para sua redação. Se você é daqueles que não faz ideia sobre o que escrever quando pega papel e caneta, calma! Uma estratégia que pode ajudar é sempre tentar abordar assuntos que estejam em pauta na realidade. Você também pode optar por focar o tema de sua redação em seu campo de atuação. Vale lembrar que embora muitas empresas não estipulem temas, muitos recrutadores adotam um assunto para verificar se os candidatos tem uma boa base de conhecimentos gerais. Por isso, manter-se sempre bem informado é fundamental e pode contar muitos pontos positivos na escolha do tema.

Além do que está em alta na mídia nacional, outros temas interessantes podem incluir: falar sobre a empresa contratante – quando o candidato a conhece bem – ou escrever sobre si mesmo. Um tema livre, apesar de parecer algo extremamente difícil, pode ser mais fácil, se o candidato for bem orientado, uma vez que o candidato tem a chance de poder discorrer sobre um assunto sobre o qual tem mais domínio. A redação, em geral, tem, em média, entre 20 e 30 linhas e precisa trazer ideias claras, sendo bem escrita e tendo início, meio e fim. Outras dicas importantes são: usar uma linguagem mais simples, evitar o uso de gírias e frases sozinhas ou clichês, não usar abreviações, ser claro e objetivo, evitar termos em outras línguas, analogias, metáforas, redundâncias e frases muito longas ou complicadas. Temas polêmicos ou que possam impactar negativamente no processo seletivo devem ser evitados e é preciso ficar atento ao uso dos parágrafos e letras maiúsculas. Por fim, não se esqueça de revisar a redação, já que qualquer erro, qualquer parágrafo incompleto ou qualquer frase trocada pode causar uma total confusão e isso vai refletir na compreensão do leitor, além de passar uma imagem de desorganização e descompromisso.

Se Redação não é exatamente o que de melhor você sabe fazer, no mercado atual não da para ficar parado. Faça este Curso de Escrita e Redação do site Cursos 24 Horas; é com certeza o investimento mais barato e mais a curto prazo para aprender a desenvolver sua habilidade de escrever corretamente e com elegância na língua portuguesa!

>> Curso de Escrita e Redação << (Cursos 24 Horas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *