Comece estudando em casa para se tornar Empreendedor

Empreender em tempos de crise é um bom negócio. Pelo menos, é nisso que acreditam os novos empreendedores do país, que usaram um complicado período econômico para iniciar um negócio, e, ainda mais importante, prosperar.

Crise oportunidade - Comece estudando em casa para se tornar Empreendedor

Apesar da crise político-econômica e da falta de investimentos por parte dos empresários, as perspectivas do mercado são favoráveis para quem deseja empreender ….





É por isso que, no último ano, o número de empresas do tipo EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada), EPP (Empresas Pequeno Porte), LTDA (Sociedade limitada), ME (Microempresa), MEI (Microempreendedor individual), e a S.A (Sociedade Anônima) aumentou em 20% em comparação com o ano de 2015, segundo a Unitfour.

Além disso, os brasileiros estão em 5º lugar na lista de empreendedores mais determinados, elaborada pela startup Expert Market. A lista mostra os países que, apesar das dificuldades enfrentadas para empreender, apresentaram um alto número de negócios criados em 2016.

Os bons números comprovam que é possível ser bem-sucedido em um mercado desafiador. Embora não haja um modo único de chegar ao sucesso, planejamento estratégico e inovação são características essenciais dos novos negócios para conseguir aproveitar as oportunidades. Confira algumas dicas para se dar bem:

Conheça as tendências

Ser o pioneiro em atender às novas demandas que estão surgindo pode colocar a sua empresa no auge em pouco tempo. Para isso, é preciso estudar muito bem o mercado, o seu público-alvo e a sua região de atuação, fazendo um planejamento eficiente para o seu lançamento.

Entre os setores que estão em alta, há fintechs (empresas da área financeira que apostam na tecnologia), sustentabilidade (voltada para a resolução de problemas ambientais), fitness (devido ao aumento do interesse pela alimentação e hábitos saudáveis) e a inclusão inteligência artificial em diversos setores.

Faça parcerias com grandes empresas ou governos

As grandes empresas e até mesmo empresas estatais e órgãos do governo estão de olho em oportunidades para se renovar e em concorrentes que possam ameaçar seus negócios, e é por isso que estão investindo em parcerias com empreendedores. Empresas como Walmart, Samsung e o Poupatempo já apostam nesse modelo.

A oportunidade proporciona uma relação de ganha-ganha para os envolvidos, já que as pequenas empresas podem oferecer agilidade para solucionar problemas e as grandes (ou o governo), escalabilidade, verbas e sua expertise.

Fique atento a essas oportunidades, pois elas não ocorrem o tempo todo. Alguns governos têm lançado programas para pedir auxílio aos pequenos empreendedores, mas é raro grandes empresas utilizar esse tipo de opção. Aposte no seu networking para desenvolver o seu negócio.

Faça um curso de administração contábil e financeira

Quando um negócio está começando, o empreendedor precisa ser capaz de saber um pouco de tudo para não prejudicar seu crescimento, e, quando está no auge, precisa garantir que tudo continue funcionando perfeitamente. Por isso, realizar um curso de administração contábil e financeira é essencial.

Com o curso, você aprenderá a controlar seu lucro e evitar ficar no vermelho, analisar o seu patrimônio, planejar em longo prazo e resolver toda a burocracia do negócio.

Um modelo online é o ideal para os empreendedores, pois, como eles estão sempre atarefados e focados no trabalho, é possível estudar em horários alternativos, por quanto tempo tiverem disponível. Ao final, você receberá um certificado.

Capriche nas contratações

Contar com funcionários competentes é uma garantia de tranquilidade para o empreendedor, principalmente quando ele precisa se ausentar da empresa. E o mercado em crise permite realizar boas contratações, principalmente se a empresa estiver em crescimento.

Com a economia fraca e o aumento no número de desempregados, a oferta de profissionais talentosos disponíveis no mercado aumenta. Dessa forma, empreender na crise permite que você faça escolhas de qualidade para o seu negócio e, ainda, auxilie na recuperação da economia e na geração de empregos.

Para os profissionais, sair de de uma empresa consolidada onde as perspectivas estão escassas ou sair do desemprego são chances muito mais atrativas quando há possibilidade de crescimento rápido e de novos desafios.

Estabeleça preços conscientes

Para precificar os seus produtos ou serviços corretamente, é muito importante lembrar que, com a economia desaquecida, os consumidores podem utilizar o preço como um critério para efetivar ou não a compra. Por isso, estabelecer valores muito diferentes dos que já são praticados no mercado buscando lucro rápido é praticamente impossível, ao não ser que seu negócio seja pioneiro.

Outro cenário muito comum de verificar com os empreendedores é o erro na hora de estabelecer a margem de lucro. São casos em que, mesmo com muitas vendas motivadas pelo baixo preço da mercadoria, o dinheiro não entra. É preciso utilizar cálculos adequados para definir a margem de lucro e o valor dos produtos e serviços.

Lista dos Cursos aconselhados para você partir com seu projeto de Empreendedor ainda dentro de sua casa:

CURSO DE EMPREENDEDORISMO
CURSO DE SUCESSO PROFISSIONAL
CURSO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CONTÁBIL E FINANCEIRA
CURSO DE SUSTENTABILIDADE
CURSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *