Bolsa de Valores: Aprenda a Investir sem sair de casa

A crise no Brasil tem despertado em muitos o espírito empreendedor para desbravar mercados até então desconhecidos. A bolsa de valores é um desses mercados a serem vastamente explorados por quem busca investir suas finanças pessoais de maneira inteligente.

investir na bolsa de valores - Bolsa de Valores: Aprenda a Investir sem sair de casa

Investir na bolsa tem um risco, porém, se as decisões certas forem tomadas, os ganhos serão expressivos.

Se você tem interesse no assunto, leia este artigo até o final que vamos dar uma aula básica de como funciona a bolsa de valores. Para entender como esta instituição funciona, primeiramente é necessário aprender alguns conceitos. Veja ….

Bolsa de Valores: instituição que comercializa ações de empresas de capital aberto. No Brasil, esta instituição é a BM&F Bovespa, em São Paulo.

Empresas de capital aberto: empresas que vendem porcentagens da própria empresa. Ou seja: é uma empresa que tem inúmeros sócios que compraram parte dessa empresa.

Ação: parte do percentual dessa empresa que são comercializadas na bolsa de valores. Existem dois tipos de ação: a ordinária (que dá voz ao acionista nas decisões da empresa) e a preferencial (que não dá voz ao acionista, porém ele tem preferência para receber os dividendos da empresa).

Corretoras de investimento: instituições devidamente credenciadas a fazer a negociação das ações em nome dos investidores. Para vender e comprar ações, o interessado deve se dirigir a uma corretora, a qual abre uma conta para o investidor na bolsa de valores.

Como funciona a Bolsa de Valores

Agora que você já sabe os principais conceitos, vamos ao real funcionamento de uma bolsa de valores.

Geralmente, as empresas que abrem o capital estão em busca de dinheiro para novos investimentos e expansão no mercado. Ao abrir o capital na Bolsa de valores, as corretoras oferecem as ações aos investidores primários.

Começa aí a relação de oferta e procura de ações, acarretando em uma especulação sobre o valor das mesmas. Se o investidor acredita que o valor da bolsa irá cair, ele lança uma ordem de venda às corretoras para que outro investidor que tenha uma ordem de compra possa comprá-la, porém a ação só é negociada quando a ordem de compra e de venda cheguem a um mesmo valor.

Toda essa operação que acabamos de citar pode parecer burocrática, mas é uma disputa emocionante que pode acontecer em questão de segundos, dependendo da situação. Ainda assim, leva-se 3 dias úteis até que o investidor consiga ver o resultado em sua conta bancária.

É importante ressaltar que este é um negócio extremamente lucrativo para quem gosta de apostar alto, porém o risco é grande na mesma proporção. Existem investidores que buscam lucros de até 4% do investimento ao dia.

A Bolsa não é mais como nos filmes

A ideia que temos da Bolsa de Valores é de um local cheio de pessoas gritando por todos os lados com telefones nas mãos, como nos filmes, entretanto esta é uma visão equivocada. Com o advento da tecnologia esse cenário mudou completamente. Agora as transações e negociações são realizadas de forma rápida e automática por meio de um sistema eletrônico da Bovespa.

Você pode ser um investidor bem sucedido

Para se aventurar no emocionante mundo das ações e conhecer melhor todas as possibilidades de investimento, o Curso 24 Horas apresenta o curso Aprenda a Investir na Bolsa de Valores, com ensinamentos didáticos de como aplicar de maneira segura e inteligente o seu dinheiro em ações. Venha ser um investidor de sucesso sem sair de casa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *